Ataque aéreo israelense mata dez pessoas, a maioria crianças


Um ataque aéreo israelense na Cidade de Gaza matou pelo menos 10 palestinos, a maioria crianças, no início desse sábado (15) no ataque mais mortal desde a reiniciação da batalha entre Israel e governantes militantes do Hamas em Gaza, no início desta semana. A última explosão de violência começou em Jerusalém e se espalhou por […]


Um ataque aéreo israelense na Cidade de Gaza matou pelo menos 10 palestinos, a maioria crianças, no início desse sábado (15) no ataque mais mortal desde a reiniciação da batalha entre Israel e governantes militantes do Hamas em Gaza, no início desta semana.

A última explosão de violência começou em Jerusalém e se espalhou por toda a região, com confrontos árabes-judeus e tumultos em cidades mistas de Israel. Também ocorreram protestos de apoio aos palestinos na sexta-feira, na região da Cisjordânia ocupada, onde as forças israelenses atiraram e mataram 11 pessoas.

A espiral de violência aumentou o temor de uma nova ‘intifada’ palestina, ou levante em um momento em que não há negociações de paz há anos. A primeira ‘intifada’ palestina foi um movimento espontâneo de resistência da década de oitenta, que se deu início após um caminhão militar israelense atropelar quatro jovens palestinos. Com isso, civis se muniram de paus e pedras para revidar contra a força israelense.

Os palestinos foram marcados para comemorar a Nakba – que significa catástrofe em árabe – neste sábado, quando eles relembram o êxodo palestino na década de quarenta. Mais de setecentos mil palestinos foram expulsos de suas casas para dar início a formação do território de Israel. Nesse contexto, com a possibilidade de uma nova ‘intifada’ e a comemoração dessa data histórica, a possibilidade de ainda mais inquietação e violência nesse fim de semana nao está descartada.

Palestinos e libaneses protestam juntos. | Fotografia por: AFP

Cento e quarenta pessoas já morreram na Faixa de Gaza, incluindo quarenta crianças. Em Israel, sete pessoas foram confirmadas como falecidas até o momento, entre elas uma criança de cinco anos de idade.

Os ataques aéreos israelenses não pararam nessa manhã. Israel bombardeou o território palestino e atingiu uma casa de três andares em um campo de refugiados, matando oito crianças e duas mulheres. O vizinho da residência, Jamal Al-Naji, disse em entrevista que não houve nenhum sinal de que aquilo aconteceria e foi repentino. “Porque você nos confronta, vá atrás dos mais fortes!”, disse.



Eleições

  • Após infiltração, grupos bolsonaristas no Telegram reforçam moderação

    Após infiltração, grupos bolsonaristas no Telegram reforçam moderação

    ,

    Dois dias após o primeiro turno das eleições, usuários de esquerda passaram a infiltrar grupos bolsonaristas no Telegram. O resultado foi o reforço da moderação por parte dos administradores, e a aposta em teorias conspiratórias.

  • No Telegram, bolsonaristas espalham fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste

    No Telegram, bolsonaristas espalham fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste

    ,

    Grupos bolsonaristas no Telegram reforçam táticas xenofóbicas e criam fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste.

  • Como que vota o estudante da UFBA?

    Como que vota o estudante da UFBA?

    ,

    Lula é candidato quase unânime, e economia não é o tema mais importante para eles.


Tem uma pauta?
Estamos aqui

Toda ideia tem o potencial de ser uma boa ideia. Gostamos de ouvir ideias de pauta, denúncias ou sugestões de nossos leitores. Se quiser compartilhar, conte conosco — e olha, pode ser totalmente anônimo, tá?


  • Após infiltração, grupos bolsonaristas no Telegram reforçam moderação

    Após infiltração, grupos bolsonaristas no Telegram reforçam moderação

    ,

    Dois dias após o primeiro turno das eleições, usuários de esquerda passaram a infiltrar grupos bolsonaristas no Telegram. O resultado foi o reforço da moderação por parte dos administradores, e a aposta em teorias conspiratórias.

  • Todo fascista é corno

    Todo fascista é corno

    ,

    Não é difícil entender que a vontade de escrever é nula, assim como a vontade de acordar, sair da cama e realizar que esse bando de corno não tem mais medo de cantar aos quatro ventos: “sou fascista na avenida e minha escola é a mais querida dos reaça nacional!”.

  • No Telegram, bolsonaristas espalham fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste

    No Telegram, bolsonaristas espalham fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste

    ,

    Grupos bolsonaristas no Telegram reforçam táticas xenofóbicas e criam fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste.

  • Anunciando um novo modelo: notas

    Anunciando um novo modelo: notas

    Anunciamos as notas, reportagens curtas sobre temas relacionados às eleições de segundo turno.

  • A falta da política externa

    A falta da política externa

    , ,

    Às vésperas da eleição mais importante desde a redemocratização, e ainda sob efeito da ressaca moral que assola o país após o clássico debate presidencial da Rede Globo, a ausência da política externa como pauta de discussão demonstra o enorme apequenamento do Brasil.

  • Pesquisa aponta que norte-americanos desaprovam  apoio militar na Ucrânia

    Pesquisa aponta que norte-americanos desaprovam apoio militar na Ucrânia

    , , ,

    Muitos americanos pensam que Biden deveria se apressar e encontrar um acordo diplomático. Mas para os apoiadores da Ucrânia, seja à esquerda ou à direita, a resposta é que Biden se apresse e vença, dando à Ucrânia mais ajuda militar e aceitando mais riscos.

  • Deus esteve em São Paulo

    Deus esteve em São Paulo

    ,

    Deus nasceu no Rio de Janeiro, cresceu em Minas Gerais e, na noite do último domingo, 26, esteve em São Paulo, das 20h às 22h20. Eu estava lá. Eu vi Deus!

  • Canal bolsonarista  espalha conspiração sobre Edward Snowden

    Canal bolsonarista espalha conspiração sobre Edward Snowden

    , ,

    Em mais uma onda de fake news, canal bolsonarista no Telegram espalha que Edward Snowden revelou plano de “manipulação geofísica” contra eles a partir do projeto HAARP.

Seja notificado de novas publicações, assine.

Ao se inscrever, o WordPress te atualiza gratuitamente toda vez que publicamos algo novo. Assim, você pode acompanhar nossa redação! Não se esqueça de nós seguir nas redes sociais.

A revista o sabiá é um veículo de mídia independente e sem fins lucrativos criado e equipado por jovens. Buscamos usar o jornalismo e a comunicação como um mecanismo de mudança do futuro das novas gerações.