Uma organização descentralizada autônoma quer libertar Julian Assange com NFT


O FreeAssangeDAO organizou uma colaboração de arrecadação de NFT única entre Julian Assange e o artista anônimo Pak. Os contribuintes receberão tokens, permitindo que participem da governança descentralizada do DAO.


‘DAO’ é uma abreviação de “Organização Autônoma Descentralizada”, uma organização que interage em torno de regras codificadas por blockchain, um sistema de registro de informações de uma forma que torna difícil ou impossível alterar, hackear ou burlar o sistema. Os DAOs também tiveram um crescimento exponencial em 2021, principalmente dos protocolos DeFi, sigla para finanças descentralizadas, que delegam a governança para suas comunidades.

Embora as DAOs até agora tenham sido principalmente conectadas à criptografia, as organizações tradicionais podem se beneficiar da inovação tecnológica da governança baseada em blockchain.

A maioria dos DAOs tem seu próprio token de governança para recompensar o bom comportamento que favorece o crescimento do DAO. Esses tokens, muitas vezes rotulados como “inúteis” por seus criadores, dão a seus detentores poder de voto sobre o futuro do protocolo ou organização. Esses DAOs podem ser focados em muitos domínios diferentes, sendo a arte NFT uma das categorias que mais crescem.

Levando em conta esse princípio didático, depois da campanha ‘FreeAssangeDAO’ anunciar seus planos de licitar uma colaboração única da NFT entre Julian Assange e Pak em um esforço para ajudar o fundador do WikiLeaks a lutar contra a extradição para os Estados Unidos, AssangeDAO ganhou o leilão da NFT artística apelidado de ‘Clock’ por 53 milhões de dólares, ou cerca de 277 milhões de reais.

A principal missão da AssangeDAO é levantar capital para os honorários jurídicos de Julian Assange. A organização se define como “cypherpunks buscando libertar Assange do sistema de justiça predatório”. Para atingir esse objetivo, AssangeDAO buscou reunir fundos para licitar leilão de NFT de uma obra de arte feita em colaboração entre Julian Assange e Pak.

AssangeDAO se uniu pela primeira vez em 10 de dezembro de 2021, o dia em que o governo dos EUA ganhou seu recurso de uma decisão do tribunal britânico que impedia a extradição de Assange para os EUA. Assange arrisca pegar até 175 anos de prisão nos Estados Unidos se for considerado culpado de todas as acusações. Em divulgação do projeto colaborativo, AssangeDAO afirma que os DAOs são um poderoso mecanismo de coordenação que os cypherpunks podem usar para libertar o fundador do WikiLeaks. 

É importante deixar claro que Julian Assange foi um dos primeiros desenvolvedores de criptografia e software livre dos anos 90, tendo criado o sistema original de criptografia do (software de arquivo de criptografia), o precursor do NMAP (software que avalia segurança de PCs), inúmeras ferramentas UNIX (sistema operacional portável) e contribuído para grandes projetos de software livre, como o postgreSQL (gerenciador de banco de dados). 

Mas o que são as NFTs?

Em um nível mais elevado, a maioria das NFTs faz parte do blockchain ‘Ethereum’(ETH). Ethereum é uma criptomoeda, como bitcoin ou dogecoin, mas sua blockchain também suporta esses NFTs, que armazenam informações extras que os fazem funcionar de maneira diferente de, digamos, uma moeda ETH. Vale ressaltar que outros blockchains podem implementar suas próprias versões de NFTs. Mas as NFTs são projetadas para fornecer algo que não pode ser copiado: a propriedade da obra (embora o artista ainda possa reter os direitos autorais e de reprodução, assim como na arte física). Para colocar em termos de coleção de arte física: qualquer um pode comprar uma impressão de Monet. Mas apenas uma pessoa pode possuir o original.

Como funciona o leilão da DAO?

AssangeDAO acabou levantando 17.422 ETH (R$ 293 milhões) de sua comunidade para licitar o NFT apelidado de ‘Clock’ e recentemente ganhou o NFT ao colocar a oferta mais alta no valor de 16.593 ether (R$ 277 milhões). O NFT Clock, adquirido pela AssangeDAO, faz parte da coleção chamada “Censored”, criada por Pak e Julian Assange. Clock é um único NFT, que apresenta uma contagem regressiva silenciosa do número de dias que Assange ficou preso.

“Este é um momento importante na história do DAO”, disse Rachel Rose O’Leary, principal colaboradora do AssangeDAO — que também é co-fundadora e desenvolvedora do DarkFi e ex-jornalista da CoinDesk —  ao The Guardian. “AssangeDAO executou seu lance final: a aposta máxima de todo o seu tesouro no Clock NFT.”

AssangeDAO ofereceu o lance máximo que podia para o NFT. Na terça-feira (7), Gabriel Shipton, irmão de Julian Assange e também um dos principais contribuintes do AssangeDAO, apresentou uma proposta no fórum de governança do DAO para que o AssangeDAO colocasse sua oferta máxima no Clock NFT. “Acreditamos que este é o melhor resultado para AssangeDAO ajudar na libertação de Julian Assange”, escreveu ele na proposta. Enquanto muitos na comunidade do AssangeDAO eram contra o leilão de NFT, “a família de Assange expressou seu apoio e os principais participantes assinaram a transação”, disse O’Leary, que tem controle parcial sobre os fundos detidos pela AssangeDAO.  

O leilão online também permitiu que apoiadores criassem seus próprios NFTs, escolhendo uma quantia a pagar e digitando uma pequena mensagem que se transformava em uma imagem com palavras riscadas, como se fossem censuradas. No total, 29.766 mensagens “censuradas” foram criadas, arrecadando mais de 671 ethers (US$ 2,1 milhões) desta forma, que serão revertidos para organizações pró-liberdade escolhidas por Assange e Pak.

AssangeDAO não é o primeiro DAO a arrecadar dinheiro para lutar contra a injustiça no sistema judicial dos EUA. No início de dezembro de 2021, o FreeRossDAO foi formado para licitar a arte de NFT criada pelo fundador do Silk Road, Ross Ulbricht. Como a colaboração Assange-Pak, os rendimentos da venda de Ulbricht NFT estão indo para derrubar sua condenação atual, que o levaria a cumprir um mínimo de 70 anos atrás das grades.



Tem uma pauta?
Estamos aqui

Toda ideia tem o potencial de ser uma boa ideia. Gostamos de ouvir ideias de pauta, denúncias ou sugestões de nossos leitores. Se quiser compartilhar, conte conosco — e olha, pode ser totalmente anônimo, tá?


  • Após infiltração, grupos bolsonaristas no Telegram reforçam moderação

    Após infiltração, grupos bolsonaristas no Telegram reforçam moderação

    ,

    Dois dias após o primeiro turno das eleições, usuários de esquerda passaram a infiltrar grupos bolsonaristas no Telegram. O resultado foi o reforço da moderação por parte dos administradores, e a aposta em teorias conspiratórias.

  • Todo fascista é corno

    Todo fascista é corno

    ,

    Não é difícil entender que a vontade de escrever é nula, assim como a vontade de acordar, sair da cama e realizar que esse bando de corno não tem mais medo de cantar aos quatro ventos: “sou fascista na avenida e minha escola é a mais querida dos reaça nacional!”.

  • No Telegram, bolsonaristas espalham fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste

    No Telegram, bolsonaristas espalham fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste

    ,

    Grupos bolsonaristas no Telegram reforçam táticas xenofóbicas e criam fake news sobre eleitores mortos votando no Nordeste.

  • Anunciando um novo modelo: notas

    Anunciando um novo modelo: notas

    Anunciamos as notas, reportagens curtas sobre temas relacionados às eleições de segundo turno.

  • A falta da política externa

    A falta da política externa

    , ,

    Às vésperas da eleição mais importante desde a redemocratização, e ainda sob efeito da ressaca moral que assola o país após o clássico debate presidencial da Rede Globo, a ausência da política externa como pauta de discussão demonstra o enorme apequenamento do Brasil.

  • Pesquisa aponta que norte-americanos desaprovam  apoio militar na Ucrânia

    Pesquisa aponta que norte-americanos desaprovam apoio militar na Ucrânia

    , , ,

    Muitos americanos pensam que Biden deveria se apressar e encontrar um acordo diplomático. Mas para os apoiadores da Ucrânia, seja à esquerda ou à direita, a resposta é que Biden se apresse e vença, dando à Ucrânia mais ajuda militar e aceitando mais riscos.

Seja notificado de novas publicações, assine.

Ao se inscrever, o WordPress te atualiza gratuitamente toda vez que publicamos algo novo. Assim, você pode acompanhar nossa redação! Não se esqueça de nós seguir nas redes sociais.

A revista o sabiá é um veículo de mídia independente e sem fins lucrativos criado e equipado por jovens. Buscamos usar o jornalismo e a comunicação como um mecanismo de mudança do futuro das novas gerações.