Principais motivos que estão tornando a gasolina tão cara

A gasolina é uma das necessidades mais básicas do brasileiro e um dos principais fatores que vem preocupando a população nos últimos anos. Vários aspectos relacionados a política nacional e internacional impactam diretamente no preço do petróleo que, por sua vez, pode afetar diretamente no preço do combustível.

O valor da gasolina segue em constante aumento. Nos últimos cinco anos, o preço da gasolina subiu mais de 66%, mas foi a partir de janeiro de 2020 que atingiu valores exorbitantes até alcançarem os preços que vemos nos postos.

Por que o preço da gasolina está sempre subindo?

O controle dos preços da gasolina em grande parte das refinarias brasileiras está nas mãos da Petrobras. Porém, em outubro de 2016, durante o governo do Presidente Michel Temer, a Petrobras adotou a Política de Paridade Internacional (PPI). Dessa forma, ela calcula o preço do combustível com base nos custos da importação de petróleo.

Pode-se dizer, de uma maneira mais simples, que hoje a Petrobras calcula o custo para importar de outro país. Ou seja, a estatal usa como base o valor de compra de uma refinaria norte-americana, assim adicionando ao valor os custos de levar até os portos dos Estados Unidos e os custos de trazer a embarcação com os combustíveis para o Brasil. Ao montante são adicionados os valores do transporte rodoviário nacional até os postos de combustível.

Contudo, todos esses custos são pagos em dólares, ou seja, o preço da gasolina também é diretamente influenciado pela taxa de câmbio do dólar. Dessa forma, a desvalorização do real eleva o preço da gasolina. A PPI é a dolarização do preço dos combustíveis.

Foto: Reprodução.

O preço do barril de petróleo

O preço do barril de petróleo também interfere diretamente no valor da gasolina, e como diversos países começaram a diminuir as restrições e quarentenas, causados pela pandemia, a demanda por petróleo voltou a crescer. Isso aumenta a demanda interna dos países por petróleo e, consequentemente, os valores do barril também aumentaram.

A Rússia é um dos maiores produtores de petróleo do mundo, sendo responsável por mais de 10% da parcela de produção mundial. Por isso, a guerra entre Rússia e Ucrânia tem impacto direto na flutuação do preço do barril. Em resposta aos ataques russos ao território ucraniano, os Estados Unidos e os principais membros da União Europeia estabeleceram duras sanções ao país comandado por Vladimir Putin. Essas sanções geram um aumento ainda maior nos preços do barril de petróleo.

Por que a Petrobras mantém essa política?

A Política de Paridade Internacional é claramente uma medida neoliberal que beneficia especialmente alguns grupos de pouquíssimas pessoas. Um bom exemplo dos favorecidos são os acionistas da Petrobras. Com essa medida, a empresa que movimenta o petróleo e o combustível nacional vende a gasolina por um preço muito maior do que poderia. Os lucros, consideravelmente maiores do que deveriam ser, aumentam os ganhos desses acionistas. Vale ressaltar que esses beneficiados são, em grande maioria, estrangeiros multimilionários.

Os empresários que compram as refinarias também fazem parte desse pequeno grupo que está se beneficiando da PPI, pois eles ainda produzem a gasolina aqui no Brasil, com custos em real mas podem vender pelo preço ajustado em dólar. 

É perceptível que, enquanto a Petrobras estiver à mercê de representantes políticos que defendem ideais do neoliberalismo que não beneficiam em nada o trabalhador brasileiro, a Política de Paridade de Preços continuará. Com isso, o preço da gasolina continuará pesando no bolso do cidadão comum.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.