Atribuía-se ao Império britânico — o maior em extensão territorial da História humana — a alcunha de “o Império em que o Sol jamais se põe”. Com poucas palavras, a aspiração à onipresença e à eternidade do poder se revela nítida: se o poderoso pudesse, reteria o Sol sobre si próprio num dia infinito; o reino e o Sol seria um só corpo sob o jugo do tirano.

LEIA A EDIÇÃO DIGITAL EXCLUSIVA DE O PODER, O ESTADO TOTALITÁRIO E A DEMOCRACIA, POR DANILO AKEL:

TRABALHO GRÁFICO FEITO POR EDER CASTRO, EDITOR GRÁFICO E REPÓRTER DE POLÍTICA.

Sabiá

Somos uma publicação digital e independente lançada em 15 de julho de 2020 por um grupo de jovens brasileiros que querem democratizar o acesso à informação no Brasil. Nossa redação funciona remotamente e sem financiamento ou fins lucrativos, com mais de 40 integrantes e colaboradores.