Após ser chamado de “tchutchuca do centrão”, o presidente Jair Bostonaldo mostrou que deixou a bolsa de cocô em casa e partiu para cima de um youtuber (seja lá o que isso quer dizer…), agindo nada mais, nada menos, do que como um político do centrão.

Bostonaldo tentou tomar o celular das mãos do provocador sob a justificativa de que precisa alimentar sua rede de robôs em grupos no WhatsApp e no Telegram.

Testemunhas simpáticas ao presidente afirmam terem acionado a Delegacia de Proteção ao Idoso de Brasília. Para eles, o Mito está em um relacionamento abusivo com o centrão. A resposta, contudo, esfriou os ânimos de todos: de acordo com a DPIB, “não existe relacionamento abusivo quando as duas partes são compostas por cretinos e cínicos de marca maior””

Sabiá

Somos uma publicação digital e independente lançada em 15 de julho de 2020 por um grupo de jovens brasileiros que querem democratizar o acesso à informação no Brasil. Nossa redação funciona remotamente e sem financiamento ou fins lucrativos, com mais de 40 integrantes e colaboradores.