Na noite desta quinta-feira (01), Cristina Kirchner sofreu um ataque que visava atentar contra a sua vida na capital argentina. O responsável, Fernando Andrés Sabag Montiel, é um brasileiro de 35 anos que morava no país vizinho há anos.

Andrés dirigiu-se ao local onde Kirchner se encontrava portando uma pistola 3.8, mas não obteve sucesso ao puxar o gatilho. Ainda não se sabe o motivo que resultou na falha da arma.

Informações preliminares acerca da vida de Fernando Andrés mostram que, além de ser um apoiador fiel do presidente Jair Bolsonaro, o criminoso também teria, a princípio, uma tatuagem com símbolo nazista. Andrés — responsável pelo que já podemos considerar como uma das tentativas de atentado mais lamentáveis na história da América Latina — encontra-se preso.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, deve se pronunciar oficialmente em breve.

O candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva se pronunciou na noite dessa quinta-feira.

Até o momento, o presidente Jair Bolsonaro não se manifestou.

A reportagem está sendo atualizada conforme novas informações.

Sabiá

revista o sabiá é uma revista independente, digital e sem fins lucrativos. Surgimos com o propósito de democratizar o acesso à informação de qualidade para a juventude brasileira, seja ela a informação acadêmica, jornalística, científica ou cultural.

Acreditamos que tanto o jornalismo como a comunicação possuem o potencial de mudar o mundo, sendo necessário reaver a sua função social. Ao longo da história moderna, o senso comum costuma lembrar do lado negativo que a imprensa ao contribuir ou participar de narrativas políticas polêmicas. Nós, pelo contrário, gostamos de pensar que a imprensa teve um papel essencial em eventos como o Maio de 1968, a Primavera Árabe e muitos outros.