A proteção da herança cultural durante conflitos armados

Como disse o príncipe Bolkónski, em Guerra e Paz: “A guerra não é nenhuma cortesia, é a coisa mais vil do mundo”. Elas destroem povos, incluindo sua identidade. Neste texto, veremos como foram criados os mecanismos de proteção do patrimônio cultural durante conflitos armados.

A mesma porcaria

Tanto acreditar que o mundo está acabando, quanto que está se revolucionando, só porque um bilionário gastou quarenta bilhões de dólares em uma rede social em meio a uma crise de meia-idade é esquisito.